Notícias

Açougueiro põe à venda salsichas Rei Charles III: ‘Vou para o inferno’

Um açougueiro da Nova Zelândia tirou onda do Rei Charles III e de seus "dedos inchados" vendendo "dedos de salsicha do rei Charles".

Um açougueiro da Nova Zelândia tirou onda do Rei Charles III e de seus “dedos inchados” vendendo “dedos de salsicha do rei Charles” para marcar sua ascensão ao trono. As informações são do Daily Mail.

De acordo com a publicação, o açougue da Avon em Auckland anunciou em uma série de postagens nas mídias sociais na quarta-feira, 14 de setembro, que estocaria o alimento especialmente nomeado por um tempo limitado.

O rei Charles III tomou oficialmente o trono no sábado, 9 de setembro, um dia após a morte de sua mãe, a rainha Elizabeth II, aos 96 anos, na Escócia.

O empresário tomou como referência as fotos recentes que foram compartilhadas nas mídias sociais de seus dedos alargados. Charles também já havia se referido anteriormente a seus dedos como ‘dedos de salsicha’ em 2012, enquanto estava em turnê na Austrália.

“Vou para o inferno”, dizia a legenda a foto publicada nas redes.

O PRÓPRIO REI INTITULOU ‘DEDOS DE SALSICHA’

charles ovacionado em buckingham
Novo Rei é ovacionado pelo povo (Grosby Group)

Ter a pele avermelhada, na verdade, rosácea, sempre foi uma característica de Charles. E a questão dos dedos de salsicha o acompanha faz tempo. Desde 1982, no entanto, existem registros dessa curiosa condição. Foi o próprio monarca, que está sempre viajando, já havia dito que intitulava os seus membros de “dedos de salsicha”. Na ocasião, ele se referia à chegada do seu filho, príncipe William.

“Eu não posso dizer o quão animado e orgulhoso estou. Ele tem ‘dedos de salsicha’ como os meus”, diz um trecho do livro Prince Charles, The Man Who Will Be King (2018), que comenta sobre uma carta que o atual rei enviou a um amigo após o nascimento do marido de Kate Middleton.

O QUE PODE OCASIONAR O INCHAÇO NOS DEDOS

rei charles
Grosby Group

A retenção de líquido é uma condição comum e está relacionada tanto a hábitos simples, como também pode ser alerta para doenças mais graves. Ela acontece quando há um acúmulo de água em excesso nos tecidos do organismo, provocando o inchaço em áreas específicas ou mesmo no corpo todo.

O sal é o grande vilão da retenção de líquidos por ser rico em sódio, substância que atrai e segura a água no organismo. Para para cada nove gramas ingeridos, um litro de água é retido no corpo, sendo que o inchaço (ou edema) torna-se visível quando o excesso ultrapassa três litros.

Esse é um dos motivos pelos quais a OMS (Organização Mundial da Saúde) recomenda o consumo de apenas cinco gramas de sal por dia.

Outro fator que pode acarretar o inchaço é temperaturas elevada, que causa a vasodilatação, alterando a pressão capilar dos pequenos vasos e possibilitando a liberação de líquidos para os tecidos, resultando em pernas e mãos inchadas principalmente no final do dia.

Além disso alguns medicamentos podem ter a retenção de líquidos como efeito colateral, como anti-hipertensivos, anti-inflamatórios e dos corticoides. O consumo de bebidas alcoólicas, que aumenta os níveis de glicose e, consequentemente, de insulina, também provoca maior retenção de líquidos no corpo.

Os exercícios físicos ativam a circulação sanguínea e contribuem para diminuir a glicemia e os níveis de insulina, que também geram a retenção de líquidos. Daí a importância de praticar atividade física todos os dias.