NotíciasTV & Famosos

Cantor Rodolfo é sentenciado à 28 anos de prisão por abusar menina de 4 anos

O cantor sertanejo Rodolfo Santoro foi condenado nesta quarta-feira (25) à 28 anos, 5 meses e 6 dias de prisão por estuprar a enteada por uma década em Maceió. O acusado está preso desde dezembro de 2021, depois que uma vítima de 14 anos disse à mãe que havia sido abusada desde os 4 anos de idade.

A equipe de reportagem do G1 não conseguiu entrar em contato com a defesa de Santoro. No momento da prisão do acusado, o chefe de operações do Comando de Crimes Contra a Criança e a Juventude (DCCCA), Alan Barbosa, disse que o cantor se declarou culpado do crime quando foi preso.

A decisão foi proferida pelo juiz Ygor Vieira de Figueirêdo da 14ª Vara Criminal da Capital. Os detalhes do julgamento não foram informados porque é confidencial.

“Segundo o que a mãe dela relatou para a polícia, ela não sabia que os abusos aconteciam, só descobriu agora, porque a adolescente não aguentava mais a situação e contou para ela”, afirmou o chefe de operações.

A Polícia Civil de Alagoas disse que a menina parou de comer para ficar “magra e feia” na tentativa de evitar ser estuprada pelo padrasto. “Deixava de comer para ficar magra, para ficar feia e tentar afastá-lo”, relatou Alan sobre depoimento da vítima.

O estupro aconteceu na casa da família onde Rodolfo morava com a vítima, sua mãe e outro filho do casal. O cantor é alagoano e fez parte de uma dupla sertaneja que tocou em bares e festas em Alagoas por quase uma década, mas estava em carreira solo há mais de um ano.

rodolfo
Foto: Reprodução/Instagram