Notícias

Caso Bárbara: enterro foi marcado por desalento e orações; Suspeito ainda não foi encontrado

O corpo da pequena Bárbara Victória Vitalino Rodrigues, 10 anos, assassinada em Ribeirão das Neves, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, foi sepultado na tarde desta quarta-feira (3) sob aplausos, orações e pedidos de justiça.

O presidente do Atlético-MG, Sérgio Coelho, esteve no cemitério e entregou à família uma bandeira do time, que foi colocada no caixão. Bárbara estava vestida com a blusa do clube quando desapareceu no último domingo (31).

Além de familiares e amigos, equipes da Polícia Civil também acompanharam o sepultamento. Desde o desaparecimento de Bárbara, a instituição se limitou a informar que o caso está sendo investigado, sem detalhar o que é feito.

Quando Bárbara desapareceu?

Bárbara foi vista pela última vez por sua família por volta das 17h30 no domingo, quando saiu de casa para ir a uma padaria comprar pão. Ela já tinha o hábito de fazer esse caminho. Em imagens do circuito de segurança, a pequena Bárbara aparece saindo da padaria, localizada na Rua Joaquim Abel Coelho.

A criança fica de frente para a fila do caixa e, depois de ser atendida, guarda o troco em uma bolsa e sai com uma sacola de pão. Ela até se despede de uma atendente quando o relógio do circuito marca 17:46.

Em outras imagens de câmeras de segurança mostram Bárbara atravessando uma rua ao lado de um homem vestido de preto, às 17h52. Ele sinaliza, e a criança para na calçada na esquina e espera enquanto ele continua. Depois de pouco mais de um minuto, quando o relógio marca 17h53, o homem volta e eles voltam juntos pela mesma rua, na direção oposta.

Às 17h55, outra câmera registra o momento em que Bárbara corre por uma rua, ao lado do mesmo homem.

Alguém foi preso?

O homem que aparece nas imagens foi levado para a delegacia naa segunda-feira, mas foi liberado. A Polícia Militar (PM) encontrou um saco de pão semelhante ao comprado por Bárbara em sua casa. Primeiro, ele negou ser o das imagens e disse que não conhecia a garota. Depois, ele confirmou que era ele no vídeo e disse que conhecia Bárbara, mas que não havia feito nada com ela. O suspeito foi liberado e não foi preso.

O corpo de Bárbara foi encontrado

O corpo de menina foi encontrado em um matagal próximo a um campo de futebol na manhã de terça-feira (2) por uma estudante que estava ajudando nas buscas. O campo fica a cerca de 500 metros da casa da menina. Ela vestia apenas a camisa do Atlético-MG, que estava antes de desaparecer, e uma corda foi encontrada próximo ao seu corpo.