TV & Famosos

Com vestido transparente, Juliette é barrada em igreja em Barcelona: ‘Vergonha’

A cantora Juliette Freire foi proibida de entrar na igreja Sagrada Família, em Barcelona, ​​neste sábado (23) por causa das roupas que usava. Ela teve que pegar emprestada a camisa de um amigo para ser admitida na instituição. A situação foi compartilhada pela paraibana, de forma bem-humorada, nas redes sociais.

“A gente não tinha certeza que ia visitar a igreja, então eu coloquei uma roupa transparente porque aqui tá muito quente. Ok… a gente fez várias outras coisas”, iniciou ela.

juliette na sagrada familia
Foto: Reprodução/Twitter

“Aí a gente chegou, comprou o ingresso da igreja, e eu nem me toquei na minha roupa. Cheguei aqui aí o rapaz todo sem graça ‘não, sua roupa tá um pouco transparente’. Aí eu fiquei com vergonha”, contou.

Juliette continuou seu relato, dizendo que entendia o problema com as roupas que estava vestindo, pois era uma igreja, e foi buscar uma solução com o amigo que a acompanhava, Rallyson. Ele comprou uma camisa nova nas proximidades e pegou emprestada a camisa que estava usando, e deu para Juliette usar sob o vestido dela.

“Eu entendo, é uma igreja, né, enfim. Aí Rallyson comprou uma blusa que inclusive tá na etiqueta e eu vesti a dele. Agora sim”.

Eventualmente, a visita valeu a pena e Juliette até compartilhou fotos na igreja.

A polêmica peça usada por Juliette, faz parte da coleção da marca Cosmo. Os produtos da marca são feitos e fabricados no Rio de Janeiro e são para vendas exclusivas digitais. À venda por R$ 258, o vestido “Rash Guard Aloha in Rio”, que pode ser encontrado no site oficial, tem um comprimento mini que se estende bem acima dos joelhos e é feito de tule e costuras contrastantes.

Além disso, o produto possui estampas em formato de flor em laranja, preto e branco.

juliette cosmo
Imagem: Reprodução/Instagram