TV & Famosos

Eduardo Costa diz ser ‘semi-gay’ e motivo vem a tona

Depois de revelar ser 'viciado' em sexo, o sertanejo disse que se considera um 'semi-gay'.

Eduardo Costa, quando não está lançando algum trabalho musical, vira notícia por conta de alguma polêmica e agora não foi diferente. Depois de revelar ser ‘viciado’ em sexo, o sertanejo disse que se considera um ‘semi-gay’.

Como se não bastasse o simples fato da declaração em si, Eduardo Costa continuou e evidenciou alguns “comportamentos” que o faziam se sentir “um pouco homossexual”.

“Eu sou um cara muito organizado, muito ajeitado, tudo muito arrumado. Eu sou um semi-gay, eu faço tudo que um viad* faz, só não dou o c. Você quer gente mais organizado que o viad? O viad*, o gay, os homossexuais, eles estão entre os homens e as mulheres, eles caminham entre eles com muita facilidade”, começou ele.

Continuando a entrevista que deu para o canal Conceito Sertanejo, Eduardo Costa disse que um de seus melhores amigos é gay e, se fosse homossexual, seria “uma gayzona”.

“Um dos meus melhores amigos é gay e ele é um dos caras mais fodas que eu conheço. Você consegue imaginar o Eduardo Costa gay? Porque assim, se eu fosse eu seria muito assumido. Eu gosto muito de mulher, se eu fosse gay eu ia gostar muito de homem. Eu ia ser uma ‘gayzona’ mesmo”, acrescentou.

Obviamente que as declarações polêmicas ganharam notoriedade nas redes sociais e o público em geral, assim como pessoas LGBTQIA+, repudiaram as declarações do sertanejo.

Confira algumas delas:

VICIADO EM SEXO

Ainda na entrevista ao canal “Conceito Sertanejo”, do YouTube ele afirmou que tem um vício muito sério: é viciado em sexo.

“Eu gosto tanto de sexo quanto eu gosto de cantar. Eu gosto de mulher, eu gosto de transar, eu gosto de sexo demais. Se eu pudesse, ficava o dia inteiro foden**”, disse o cantor, que também afirma ter passado uma madrugada inteira mantendo relações sexuais.

BUSCANDO AJUDA PROFISSIONAL

Na conversa, Costa contou que procurou ajuda especializada no assunto, para poder tratar do desvio.

“Tenho problema com isso rapaz, eu faço umas 15 vezes por semana, eu estou falando sério. Busquei tratamento pra controlar isso e ainda estou fazendo tratamento para dar uma segurada.”

BROXOU?

Nada de Viagra: parece que com Eduardo Costa a coisa é natural mesmo. Segundo o cantor, já aconteceram vezes em que broxou durante tentativas de relação sexual.

“Já broxei mais de 50 vezes, até pelo número de mulher que peguei… Mas nunca usei Viagra.”