TV & Famosos

Gretchen é vítima de crime, expõe rosto do acusado e surge indignada nas redes sociais para fazer a denúncia

A cantora Gretchen usou seu perfil no Instagram para denunciar um crime do qual foi vítima. A Rainha do Rebolado, como é conhecida no meio artístico brasileiro, teve alguns pertences roubados por um motorista de aplicativo (Uber). Indignada, a atriz exigiu que o colaborador seja banido da plataforma, além de exigir que a empresa tenha mais cuidado ao admitir novas pessoas para prestar o serviço.

Gretchen explica que ligou para o motorista via aplicativo para entregar algumas roupas em São Paulo. Acontece que a pessoa não fez a entrega acordada e desapareceu com seus pertences pessoais. Com os dados salvos em seu celular, a cantora expôs publicamente o rosto da pessoa, recomendando a seus seguidores paulistas que nunca andassem com esse motorista.

Segundo ela, a Uber ainda não se pronunciou sobre o crime do qual foi vítima. No entanto, Gretchen exige que a empresa ressarça as roupas roubadas, já que, como gerente da plataforma, a empresa é responsável por crimes dessa natureza.

“Acho que a Uber tinha que banir ele em primeiro lugar. Ainda estou esperando a resposta do Uber do que vocês vão fazer ressarcindo as coisas que são minhas, porque a responsabilidade é de vocês! Quando vocês cadastram um motorista, vocês têm que saber quem vocês estão cadastrando”, disparou a atriz em um dos trechos do desabafo feito para seus fãs.