TV & Famosos

Gusttavo Lima recebe notícia ruim após denúncia anônima; cantor é obrigado a dar fim em relação

O sertanejo Gusttavo Lima foi alvo do Conar (Conselho de Autorregulamentação Publicitária), que recomendou a suspensão de dois comerciais da bebida “Vermelhão” lançados pelo sertanejo em abril deste ano.

Segundo ‘O Globo’, as denúncias foram encaminhadas pelo Ministério Público Federal da Bahia e pela Associação Brasileira de Bebidas (Abrabe), que foram julgadas na semana passada.

gusttavo lima
Foto: Thiago Duran/AgNews

Segundo a agência, ambos os processos são amparados pelo Anexo A do Código Brasileiro de Autorregulamentação Publicitária, que se aplica a anúncios de bebidas de alto teor, cujas recomendações foram contrariadas na campanha “Chama o vermelhão, bebê” realizada por Gusttavo Lima.

Uma delas, segundo o Conar, é que não havia aviso de idade mínima para beber nas redes sociais, além de supostamente incentivar o consumo excessivo de álcool, como a aparição de um cantor usando álcool,

Outra denúncia levantada no caso foi a ausência de comentários sobre a recomendação de consumo prudente que deve ser colocada nas propagandas comerciais.

Aliás, a Abrabe também cita os ônibus de Lima cercados de apelos que podem ser considerados uma propaganda de bebida. Embora já tenha sido julgada, a ação ainda está sob recurso. Sertanejo e a fabricante têm aproximadamente 20 dias para se manifestar e recorrer da decisão.

Polêmica sobre o cachê do cantor em MG

277905070 115050387804097 1262035360653885149 n
Foto: Reprodução/Redes sociais

Nos últimos dias, a contratação do cantor Gusttavo Lima para uma festa em uma pequena cidade de Minas Gerais esteve envolvida em discussões sobre a origem do dinheiro que paga as contribuições dos cantores sertanejos.

Tudo começou depois que o cantor Zé Neto, da dupla Cristiano, atacou artistas que se aproveitavam do incentivo da lei de Rouanet.

Gusttavo Lima sofreu cancelamento de programa no valor de mais de R$ 1 milhão. Apresentou-se no dia 20 de junho na cidade de Conceição do Mato Dentro, na Região Central de Minas, no programa da 30ª Cavalgada do Jubileu Sênior Bom Jesus Do Matozinhos.

No entanto, na tarde deste sábado (28), o prefeito da cidade, Zé Fernando (MDB), decidiu cancelar as apresentações de Gusttavo Lima, assim como da dupla Bruno e Marrone. Ele afirmou que o partido “foi envolvida em uma guerra político-partidária, que nada tem a ver com a cidade”.