Notícias

Mulher de 37 anos é brutalmente morta pelo próprio marido; filhos ficaram devastados

De acordo com as informações da Polícia Militar, Denise Lais foi brutalmente agredida.

O caso de violência doméstica que terminou com a morte brutal de Denise Lais da Silva, de 37 anos de idade, deixou a cidade de Alfenas, Sul de Minas Gerais, em estado de choque. De acordo com as informações da Polícia Militar, Denise Lais foi brutalmente agredida.

No corpo da mulher se constatou que ela foi estrangulada e esfaqueada pelo marido. Todas as agressões aconteceram dentro da casa dela.

Ainda segundo informações da Polícia Militar, o que teria motivado o crime seria ciúmes. No domingo, dia 18 de setembro, Denise Laís teria se deslocado para a cidade vizinha, Campos Gerais, para participar da tradicional festa de peão que acontecia na cidade.

A PM informou que recebeu a primeira chamada para atender a ocorrência às 18h20 na Rua Avelino Batista de Andrade, no Bairro Jardim Alvorada. Segundo a corporação, uma testemunha teria percebido uma movimentação incomum na residência e assim que entrou no local encontrou Denise caída no chão.

A polícia informou que o casal tinha um histórico de violência doméstica desde o ano de 2020. Logo após cometer o crime contra a mulher, o marido Adriano Lima Rodrigues, de 46 anos de idade, fugiu do local sem prestar socorro, desde o atendimento da ocorrência a polícia tenta encontrar o suspeito.

Nas redes sociais, moradores de Alfenas lamentaram a morte de Denise que deixou dois filhos. Veja a reportagem sobre o caso que foi exibido pelo jornal local.