TV & Famosos

Nego Di é acusado de trair seguidores e comediante fala que vai arcar com o golpe

O polêmico ex-BBB e comediante Nego Di foi acusado de enganar seus seguidores para vender produtos online. Nas redes sociais, o influencer gaúcho trabalha divulgando diversos produtos como celulares e condicionadores de ar na sua loja ‘Tá di Zuera!’ oferecendo um preço muito inferior ao preço de mercado e mais acessível ao público.

nego di 7
Imagem: Reprodução

Vários clientes reclamaram com órgãos de defesa do consumidor e plataformas como o Reclame Aqui, alegando que nunca receberam os bens que adquiriram. Segundo a Record TV, o programa Balanço Geral anunciou que o número de reclamações sobre a loja divulgadas por Nego Di ultrapassou de 100.

Em contato com o site da Uol, Rafael Pereira, Delegado-Chefe da Delegacia de Canoas I, no estado do Rio Grande do Sul, as informações são que o número de denúncias continua crescendo desde que o caso veio à tona.

“A cada dia novas vítimas comparecem e fazem novos registros de ocorrência“, contou ao completar que grupos no WhatsApp foram formados para mobilizar os consumidores lesados pela empresa. “Os clientes alegam a compra de produtos e o não recebimento“, falou.

https://www.instagram.com/p/CgS4QuhD8-x/

Após toda a polêmica, o ex-BBB retirou os anúncios de seu perfil no Instagram e apesar de ter atuado como garoto-propaganda da suposta empresa, o nome do humorista não consta no conselho de sócios e administradores da ‘Tá di Zuera!’

No memorando, os advogados do humorista garantem que Di foi contratado apenas para veicular o anúncio e que ainda estão investigando a situação junto às autoridades policiais. No seu Instagram. o comediante lançou uma série de vídeos garantindo que ele correrá atrás de resolver os danos.

“Eu me sinto vítima de toda essa situação”. Segundo ele, nunca teve acesso ao sistema do site, nem as contas bancárias: “Eu nunca tive acesso ao site para saber do que estava acontecendo”.

Di também revelou que havia vendido seu carro. Segundo ele, o valor do carro será investido em um fundo para devolver as vítimas da ‘Tá di Zuera!’. O ex-BBB também anunciou que vai organizar eventos para angariar fundos para este caso. Sobre o golpe, Di acabou afirmando: “Fica pra mim um aprendizado”.