CuriosidadesSaúde

Os 4 alimentos que afetam negativamente a tireoide e você não deveria consumir

A dieta pode colaborar no controle da glândula da tireoide, consumindo alguns tipos de alimentos. Saiba mais.

A dieta pode colaborar no controle da glândula da tireoide, consumindo alguns tipos de alimentos. Apesar disso, existe também uma série de comidas que devem ser tiradas da sua lista, já que podem prejudicar no funcionamento da tireoide.

De acordo com um artigo publicado pelo British Thyroid Foundation, um desses casos é o iodo. Mesmo ele sendo necessário para controlar a glândula, consumi-lo em excesso também pode prejudicar sua saúde, em especial para quem tiver o diagnóstico de hipertireoidismo.

Evite comer alimentos que possam prejudicar a tireoide

A nutricionista Roberta Lara lista quatro grupos de alimentos que podem ser prejudiciais para quem sofre com alterações na glândula de tireoide.

Soja

Esse grão está presente em mais de 60% dos alimentos vindos da indústria, seja na forma de proteína, óleo, lecitina e outros. A soja interfere na absorção da tiroxina, e devido a isso, se você estiver tomando-a, evite comer esse alimento.

Açúcar e farináceos

De acordo com a nutricionista, o consumo de açúcar em grande quantidade e alimentos que têm farinhas refinadas em sua composição induz à uma dieta com menor aporte de minerais e vitaminas, que são elementos necessários para manter a glândula tireoide adequada, especialmente na formação dos hormônios para o metabolismo.

Óleos vegetais comuns e gordura trans

A forma desequilibrada no consumo de ácidos graxos poli-insaturados (ômega-3 e ômega-6) e o excesso de gordura trans podem prejudicar o funcionamento tireoidiano e o equilíbrio das concentrações de colesterol. A nutri relata que os hormônios T3 e T4 tireoidianos são de extrema importância na formação do colesterol e de uma série de hormônios esteroides, como a progesterona, pregnenolona e o DHEA, também chamado de hormônio antienvelhecimento.

“Quando há comprometimento das funções dessa glândula, ocorre uma redução no metabolismo e, por consequência, o aumento do risco para desenvolvimento de doenças crônicas”, ressalta Roberta.

Alimentos industrializados

Para encerrar, Roberta Lara também lembra que consumir de forma excessiva corantes e conservantes presente em comidas processadas como salgadinhos, bolachas, biscoitos e fast foods pode prejudicar a saúde no todo, além de impactar na absorção de nutrientes e, consequentemente, desequilibrar a função da tireoide.

“Os aditivos presentes nesses alimentos interferem no balanço nutricional, se consumidos exageradamente”, finaliza.

O que comer para regular a tireoide?

Uma alimentação variada em frutas, cereais, vegetais e leguminosas fornece os nutrientes necessários para ajudar a regular as funções da tireoide.