Notícias

Primo do goleiro Bruno, que informou o paradeiro de Eliza Samudio, é morto; Vídeo

Jorge Luiz Rosa, de 28 anos, primo do goleiro Bruno Fernandes, foi morto nesta última sexta-feira (2), na comunidade de São Gonçalo, localizada na cidade do Rio de Janeiro.

Foi Jorge Luiz Rosa, que na época do desaparecimento de Eliza Samudio, quando tinha 18 anos, denunciou o paradeiro da modelo à polícia.

Com o depoimento de Jorge Luiz que a Justiça chegou a um local em Vespasiano, onde alegou que Elisa Samudio estava. Foi através das revelações de Jorge Luiz que vieram à tona os nomes dos companheiros do goleiro Bruno.

Jorge Luiz estava preso por tráfico de drogas e havia saído do sistema prisional há cerca de duas semanas. Ainda segundo as primeiras informações coletadas sobre o assassinato de Jorge Luiz, ele teria cometido um assalto na comunidade, há imagens do momento em que o primo de Bruno entra em uma farmácia e rouba um celular.

Segundo uma pessoa que mora na comunidade, foi o crime organizado que puniu Jorge Luiz.

“Aí o crime não perdoa. Roubou na favela e os caras bateram nele. Ele não resistiu e acabou morrendo em decorrência da agressão”, disse uma testemunha.

O funeral de Jorge Luiz aconteceu neste sábado (3), o goleiro Bruno, foi procurado para falar sobre o assassinato do primo, mas não se pronunciou.

Jorge não é o primeiro parente de Bruno Fernandes envolvido no processo de Elisa Samudio que morre. Em 2012, Sérgio Rosa Sales foi assassinado em Belo Horizonte, capital do estado de Minas Gerais.

Na ocasião, a juíza Marixa Fabiane Lopes disse que Sérgio Sales era uma espécie de “arquivo vivo”.