TV & Famosos

Stênio Garcia relata tormento em sua vida desde a morte da atriz Daniella Perez

O ator famoso Stênio Garcia confessou que é atormentado desde a morte de Daniella Perez. O artista disse que se sente culpado por não ter conseguido evitar a tragédia de 1992.

Em comentário no Instagram, o artista contou que, no mesmo dia em que a filha de Gloria Perez foi assassinada por Guilherme de Pádua, eles se encontraram para gravar cenas da novela De Corpo e Alma (1992). Além de trabalharem juntos nesta novela, os atores protagonizaram O Dono do Mundo em 1991.

o dono do mundo daniela perez stenio garcia
O dono do mundo (1991) – Imagem: Reprodução/TV História
MV5BNGU5YWFkOGItMTc4Yi00ZjdjLTg3OWItYzgzMzMyYTFlN2I3XkEyXkFqcGdeQXVyOTA1NTMzNjU@. V1
De corpo e alma (1992) – Imagem: Reprodução/Internet

“Até hoje isso me atordoa muito porque fiz o pai dela na ficção duas vezes. No dia do crime, gravamos o dia todo e saímos juntos. Eu, que estava correndo para ir viajar, pedi que a Dani desse autógrafos para as crianças. Se eu pudesse imaginar, eu teria evitado”, declarou o ex-contratado da Globo, explicando seus motivos por se sentir aflito com a situação.

Morte da atriz Daniella Perez

A atriz Daniella Perez foi assassinada aos 22 anos com 18 golpes de punhal dados por Guilherme de Pádua e sua então esposa, Paula Nogueira Thomaz. O assassino atuou com a atriz na novela De Corpo e Alma (1992), o primeiro seriado que Gloria Perez assinou como autora.

guihermedepadua 1 crop1636996168224.jpg 1159711837
Daniella Perez e Guilherme de Pádua atuando na novela De corpo e Alma (1992) – Imagem: Reprodução/Bolavip

Na época, Pádua não aceitou ter seu número de cenas reduzido e pressionou Daniella para que Glória Perez mudasse a situação de seu personagem. No entanto, em 28 de dezembro de 1992, a atriz voltava para casa depois de filmar a trama quando seu carro foi fechado pelo carro de Pádua.

Algum tempo depois, alguns moradores de um condomínio da Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, perceberam algo estranho e chamaram a polícia para verificar a presença de carros em um matagal. Os assassinos foram presos pelo crime, mas o julgamento só aconteceu em 1997.

O ator e sua esposa foram condenados por homicídio qualificado, com motivo insignificante. Sua pena foi de 19 anos de prisão. Mas ele serviu apenas um terço desse período. Ele saiu da prisão por bom comportamento em outubro de 1999.

Documentário de Daniella Perez

Captura%20de%20Tela%202021 12 28%20%C3%A0s%2013.32.51
Imagem: Reprodução/O tempo

O lançamento do primeiro trailer de ‘Pacto Brutal: o Assassinato de Daniella Perez’, série documental da HBO Max, deixou o público perplexo nas redes sociais.

A produção dirigida por Tatiana Issa e Guto Barra narra em detalhes o assassinato da atriz que chocou o Brasil no início dos anos 90. A estreia acontece no dia 21 de julho.