Saúde

Traças na casa: descubra por que eles aparecem e como pode evitá-los

Traças são inseto inofensivos à saúde, porém podem causar danos à propriedade, especialmente em roupas e livros. De acordo com Andreia Evaldt, professora de entomologia agrícola da Universidade Luterana (Ulbra), dois tipos de insetos são comumente encontrados nas residências.

A Lepisma saccharina, também conhecido como traça, e Phreoeca uterella, são mais comumente encontradas em formas jovens que se fixam em paredes e Dentro da pupa (casulo).

traca 12193927546100
Reprodução: Internet

A primeira espécie se alimenta de açúcar e celulose, por isso sua presença é comum em livros, documentos e álbuns de papel, todos com “rastros” de insetos. A segunda tem sua preferência por tecidos de algodão, que danificam roupas e cobertores, também facilmente detectada.

“Às vezes uma pessoa guarda uma peça de roupa no armário por muito tempo e tem traças em casa então quando ela pega (roupa) tem furinhos por todos os lados”, relata a professora.

A professora disse ainda que as traças costumam chegar às casas através de alguns materiais trazidos da rua (como caixas de cartão e jornais), enquanto outras, mariposas, que já são adultas podem entrar por aberturas na habitação.

02 39
Reprodução: Internet

As mariposas costumam ser encontradas em ambientes com certa quantidade de umidade e sujeira, pois procuram locais para se reproduzir, explica Hugo Bascunan, biólogo especializado em controle de pragas da Rentokil. Como tal, são comumente encontrados em armários, guarda-roupas e gavetas, em rachaduras em pisos e rodapés, e nas paredes e cantos das casas.

É divertido para eles ter o que chamamos de “quatro atos”: comida, água, acesso e abrigo. Então, vamos evitar esses quatro tópicos e evitar que eles apareçam – instruindo biólogos.

Dicas de prevenção

A limpeza é o principal auxiliar para evitar traças, por isso mantenha a casa limpa e ventilada; Aspire a casa regularmente para remover qualquer matéria orgânica de rachaduras, cantos e áreas escondidas, como embaixo e atrás de móveis; Limpe e aspire os armários, principalmente os que são pouco utilizados; use mosquiteiros nas janelas.

Quando roupas e cobertores precisam ser armazenados por longos períodos de tempo, armazene-os em sacos plásticos herméticos; Guarde ternos e vestidos delicados em bolsos específicos com zíper; Guarde os livros em local limpo, seco e fechado.

Se a prateleira estiver aberta, prefira mantê-la em ambiente ventilado e limpe-a com mais frequência; Evite o acúmulo desnecessário de papel e roupas; Antes de levar para casa caixas de papelão velhas, livros e jornais, certifique-se de que estejam livres de marcas de traças.

O que fazer quando eles aparecem

Dependendo do número de insetos, uma boa limpeza com aspirador de pó e produtos domésticos pode resolver o problema. No entanto, se for uma infestação muito grave, você precisará trabalhar com uma empresa profissional para controle de pragas.

Se houver muitas mariposas na casa, o local já pode estar cheio de larvas e ovos, então só a limpeza não adianta, pois não vai eliminá-las completamente.

O biólogo, Hugo, destaca que o mesmo se aplica a soluções caseiras disponíveis na internet para eliminar a presença de insetos, como o uso de vinagre e cravo: Quando aplicadas, essas receitas podem até incomodar mariposas adultas, mas não matam ovos ou larvas. Depois de um tempo, o problema voltou.

Além disso, tentar eliminar os insetos por conta própria aumenta o risco de intoxicação e prejudica crianças e animais de estimação. Hugo ressalta que os produtos utilizados neste serviço são controlados e dependem de uso adequado, que deve ser feito por profissionais capacitados.