Notícias

Vídeo mostra peixes similares a cobras invadindo praia e espantam os banhistas

Pelo menos dez peixes semelhantes a cobras foram vistos por banhistas entre as praias do Canal 2 e do Canal 4 em Santos, no litoral de São Paulo. Segundo o biólogo marinho Douglas Rey, o animal se trata da espécie chamada Congro.

peixe cobra foto reproducao viver no morro e regiao
 Foto: Reprodução/Viver no Morro e região

Em um vídeo obtido pelo portal do g1 neste domingo (24), o banhista que capturou as imagens comentou que achava que era uma cobra, mas disse que lhe explicaram que era uma anêmona (animal invertebrado). No entanto, o biólogo explicou que as enguias podem ser facilmente confundidas com cobras e outras espécies como as moreias e as enguias marinhas.

Segundo Douglas Rey, o animal está em águas mais profundas e geralmente fica escondido sob uma fina camada de areia. O biólogo acredita que o peixe apareceu na faixa de areia depois de ter sido lançado na pesca de arrasto (com redes).

“Aqui tem bastante pesca de arrasto. No retorno para o Mercado de Peixes eles (pescadores) vão descartando os peixes que não interessam. Os que sobrevivem acabam parando em nossas praias”, disse o especialista.

Alguns desses animais marinhos estavam mortos e, em nota, a Secretaria do Meio Ambiente (Semam) Santos disse que o peixe havia sido retirado pela Secretaria de Serviços Públicos (Serp).

Animais mortos

baiacu
 Foto: Reprodução/Viver no Morro e região

Também no sábado (23), siri-azul e baiacu foram avistados na mesma região (veja fotos abaixo). O biólogo marinho acredita que o aparecimento de outros animais aumenta a chance de estarem ali pelo mesmo motivo da pesca de arrasto.

siri azul
Foto: Reprodução/Viver no Morro e região

No memorando, Semam explicou que não havia recebido nenhum registro disso. A pasta acrescentou que os cardumes presos no espeto não são incomuns. O portal g1 tentou entrar em contato com o Instituto Gremar, mas não obteve resposta.